Acne em recém-nascidos

Você sabia que a acne atinge mais de 30% dos recém-nascidos? Ela costuma aparecer por volta da terceira a quarta semanas de vida da criança e pode persistir por até seis meses. Saiba mais.

A acne surge em bebês com predisposição genética e é mais comum nos meninos. Como ocorre liberação de hormônios maternos durante a gestação, amamentação e período pós-parto, estes hormônios podem acabar sendo transferidos para o bebê e costumam permanecer no organismo da criança por aproximadamente seis meses.

Esses hormônios estimulam a produção das glândulas sebáceas e podem formar nódulos brancos minúsculos que costumam aparecer no rostinho do bebê. Não é aconselhável espremê-los, já que não são graves nem deixam cicatrizes. O uso de óleos e pomadas para bebês também não é recomendado pois não são eficientes e podem até agravar o caso.

Os pais não devem se preocupar, já que as acnes costumam desaparecer espontaneamente. Caso ache necessário fazer algum tipo de tratamento, medicamentos leves, com formulações específicas para a pele dos bebês, podem resolver o problema. De qualquer forma, converse sempre com o pediatra pois ele saberá avaliar o que é melhor para seu pequenino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *