Brincadeira de bebê

Brincar é importantíssimo para o bebê! Mexendo nas coisas, colocando-as na boca, apalpando objetos, o bebê evolui e cresce. Brincando, ele capta centenas de informações que permitem o desenvolvimento do raciocínio e da inteligência. Mas nem todos os jogos são adequados para um bebê. Cada idade corresponde a certas capacidades, é preciso considerar o grau de dificuldade de cada brincadeira.

Entre 0 e 3 meses, o bebê sente-se muito atraído pelos sons, a música, o movimento, a luz e a cor. Os jogos mais adequados para essa idade são os móbiles com caixas de música pendurados e as músicas que cantamos no dia-a-dia, ao embalarmos nos braços.

Entre 3 e 6 meses, além do descrito acima, o bebê também mostra interesse em colocar objetos na boca, pegar coisas e se relacionar com os outros. Gosta de fazer e também que lhe façam caretas e sorrisos. Começa a se interessar por brinquedos que pode chupar e descobre como é bom passear em seu carrinho!

Entre 6 e 9 meses, o bebê coloca tudo na boca! Adora brincar com bonecos de borracha e os que fazem barulho. As bolas são apropriadas para essa idade pois oferecem uma oportunidade de brincar fazendo-a rolar continuamente. E, claro, não poderíamos deixar de dizer, o bebê ADORA brincar jogando objetos no chão!

Entre 9 meses e 1 ano, o bebê começa a caminhar e aperfeiçoa incrivelmente todos os seus movimentos. Já domina os movimentos das mãos e adora pegar colheres, copos de plástico e, claro, continuar jogando esses objetos no chão. Também se levanta e se senta constantemente. Já se esconde, empurra e muda de lugar os objetos. Adora tirar e colocar brinquedos de cestos. Cubos de plástico e torres de empilhar são ótimos para essa idade.

Após o primeiro aninho, a criança manuseia com facilidade os objetos e começa a relacionar formas e cores. A partir dessa fase, pequenos quebra-cabeças de grandes peças, figuras geométricas para encaixar são perfeitos para essa fase do desenvolvimento da criança.

Dica de ouro: assim como os adultos, o bebê boceja e perde a capacidade de concentração quando está cansado. Também começa a afastar o rostinho, sacode braços e pernas, esfrega os olhos… Assim que perceber sinais de cansaço ou super estimulação, termine a brincadeira e promova o relaxamento, abraçando-o e transmitindo segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *