Quando os bebês percebem que as mães são seres separados deles.

Se o bebê tem entre 7 e 9 meses e de repente começa a reclamar quando você sai da sala ou tem problemas com as sonecas ou o sono noturno, este pode ser o início da ansiedade normal de separação. Isso acontece com muitos bebês quando eles percebem que as mães são seres separados deles. Essa ansiedade normal não precisa se transformar em ansiedade prolongada se você:

  • Abaixar até a altura do bebê quando ele estiver chateado e confortá-lo com palavras e abraços, mas sem pegá-lo no colo.
  • Responder ao choro da criança de maneira relaxada e alegre.
  • Cuidado com seu tom de voz – não espelhe o pânico dele.
  • Quando o bebê começar a se acalmar, distraia-o.
  • Nunca recorra a uma abordagem de choro controlado para resolver os problemas do sono. Isso compromete a confiança do bebê e comunica que ele realmente estava certo: você o abandonou.
  • Brinque de esconde-esconde com ele, assim ele pode entender que mesmo que você desapareça por um minuto, depois você volta.
  • Dê uma volta no quarteirão para que ele experimente períodos curtos de sua ausência.
  • Quando sair de casa, peça ao parceiro ou à babá para leva-lo até a porta e “dar tchauzinho”. Ele pode berrar o tempo todo – isso é normal, se ele se tornou dependente de você. Porém, é necessário desenvolver a confiança.

Trecho extraído do livro “A Encantadora de Bebês Resolve todos os seus Problemas” de Tracy Hogg e Melinda Blau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *